No meio de tanta loucura, pressa e falta de sentimento, criei um único lugar onde algo faria sentido,pelo menos para mim. Um lugar para confortar e acolher pequenas idéias e grandes sentimentos, embora a indiferença de muitos.

sábado, agosto 04, 2012

O que jamais esqueci


Eu quero sentir seus braços, sempre.
Mas não eles sem seu calor, sem seu conjunto.
Te quero por completo, completamente.
Seu jeito prejudicial à saúde.
E o excesso de gente que há quando você está por perto.
Quero tudo isso, sempre.

Sempre, seu sorriso sem jeito.
Quero mais que seus beijos.
Quero-os molhados, suados ou chorados.
Quero seu corpo, mais que colado no meu.
Dentro de mim.

Só falta você saber.
-e ai falar que não dá,
que eu devo esquecer.

Nenhum comentário: